Fundação

Dez anos de Museu Pomerano

No espaço físico das dependências da antiga Fábrica de Laticínios Hermann Weege foi inaugurado em 04 de julho de 2008 o Museu Pomerano. Esse foi o primeiro espaço do Centro Cultural de Pomerode a ser aberto ao público. Nele, o acervo que o pomerodense Egon Tiedt, um colecionador particular, reuniu ao longo de 35 anos em uma casa enxaimel, na sua propriedade particular passaram a ser expostos.

Antes disso, Egon e sua família já haviam aberto as portas da casa em Testo Central Alto para visitação, sob a denominação de Pommersches Museum, nome sugerido pelo saudoso Pastor Edgar Liesenberg. Não tardou muito para o colecionador adotar o nome de Museu Pomerano, pois nem todos conseguiam pronunciar corretamente o nome em alemão.

A transferência do acervo da casa do colecionador particular para a sede no centro de Pomerode foi realizada em 2007. Em 2008 o espaço foi aberto ao público como uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Pomerode e a Fundação Cultural de Pomerode, mantendo o nome de Museu Pomerano como uma homenagem pelo empenho do colecionador, que faleceu cinco meses antes da abertura do Museu, em resguardar objetos significativos para a história e a cultura do município e da região. "O que o Sr. Egon recolheu não era uma mera coleção de objetos, mas um conjunto de artefatos que podem ser reorganizados entre si, e que propõe novas interações entre o bem cultural e o ser humano", afirmou Roseli Zimmer, Coordenadora do Museu Pomerano.

Para a coordenadora, a imagem de museu tradicional, associada à simples exibição e contemplação de objetos está se esvaindo, pois o conjunto de objetos traz, em sua materialidade, a memória social daqueles que os criaram, usaram, trocaram ou descartaram. "Assim, o museu torna-se um espaço de possibilidades para conhecer diferentes realidades e relações sociais", explicou.

Neste contexto, o acervo do Museu Pomerano, inspirado na produção de estudos nas áreas de conhecimento da História e da Museologia, tem como matéria-prima a memória, a história, os costumes e as tradições culturais de Pomerode. E, pelo fato de estar em sintonia com as manifestações culturais do município, abre espaços em determinadas épocas do ano para exposições.

"Nossa gratidão às pessoas, órgãos públicos, empresas e instituições que foram e são parceiras nas inúmeras atividades desenvolvidas no Museu Pomerano durante estes dez anos de existência. Agradecer aos estagiários que trabalharam e trabalham no Museu Pomerano ao longo desses anos. Finalizando com o desejo e a missão de fortalecer cada vez mais o Museu Pomerano como parceiro da comunidade, aberto a novas experiências de convivências e de compreensão da realidade social, cultural, política e econômica do município de Pomerode", ressaltou Roseli.

Imagens


LEIA TAMBÉM




Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube