Dia da Mulher

A missão de tocar os jovens pelo exemplo

07 Março 2019 10:57:00

Como a dedicação de Joana Wachholz à educação a tornou marcante na vida de grande parte dos pomerodenses

Foto: Arquivo pessoal
Educação: o rosto e os ensinamentos de Joana ficaram e ainda ficarão marcados na vida de muitas pessoas.

E neste Dia Internacional da Mulher, o Testo Notícias quer homenagear mais uma personagem marcante na história de muitos pomerodense, Joana Wachholz, de 41 anos. Com grande parte de sua vida dedicada à educação, Joana tocou o destino de muitos jovens com aquilo que considera ser o mais importante em sua trajetória: o exemplo.

Ela conta que desde muito jovem escolheu se dedicar ao esporte, sem ter uma modalidade exclusiva. Um pouco mais tarde, atuou de forma profissional como atleta de Tênis de Mesa. A opção por se tornar professora veio com o início da graduação em Educação Física, trabalhando com treinamento desportivo nesta mesma modalidade, como contratada. Após algum tempo surgiu a oportunidade de prestar um concurso público, no qual foi aprovada, tornando-se professora de Educação Física. "Chega um momento em que você tem que optar, é preciso analisar tudo e pesar na balança o que fará durante toda a sua vida profissional. Além disso, acreditava que deveria despertar nos jovens aquilo que havia sido despertado em mim quando estava na escola. Queria que eles aprendessem a gostar do esporte e fazer uso dele não apenas para o lazer, mas também uma atividade que proporciona saúde física e mental", conta.

Dois anos mais tarde, veio o convite para tornar-se diretora da Escola Olavo Bilac, função desempenhada até hoje, apenas com uma pausa durante o período em que assumiu a Secretaria de Educação de Pomerode, entre 2013 a 2016.

Como gestora da pasta, Joana diz que os desafios foram muitos, sobretudo por conta da crise enfrentada nos anos de 2015 e 2016, momento em que foi preciso manter a Educação em equilíbrio mesmo com a diminuição de investimentos. "Você só entende o que é ser gestora no momento em que desempenha a função". Para ela, um problema existente na época e que ainda deve demorar a encontrar solução é a carência de vagas na Educação Infantil. "É importe dizer que a educação no nosso município vai bem, mas não vejo solução em curto prazo para a questão das creches, pois a conta não fecha. No mesmo espaço em que podemos acomodar 25 crianças de cinco e seis anos, é possível atender apenas seis ou 12 na creche. Além disso, há a questão do teto de gastos com a folha salarial, que engloba todo o funcionalismo público", pondera.

Já acerca do contato que possui com os alunos no cotidiano, Joana pontua que não houve uma grande mudança no comportamento das crianças que, em grande maioria, acatam o regimento interno da escola e suas regras. O que tem impactado diretamente a educação é uma certa desestruturação familiar, fazendo com que os jovens percam sua referência. "O ideal é que o trabalho entre escola e família seja de parceria. Pois nenhuma das duas partes conseguirá desempenhar sozinha o papel de formar cidadãos completos. A comunidade atendida pela Olavo Bilac é muito grande e temos que considerar muitos fatores, como os sociais e econômicos, para desenvolver o melhor trabalho possível. Graças a Deus, penso que as famílias compartilham dessa visão e todos temos trabalhado em conjunto para que o melhor aconteça".

Além da parceria com as famílias, ela destaca o apoio de toda a equipe para que possam seguir um mesmo rumo com relação ao que é passado aos alunos. "Não existe maneira melhor do que educar pelo exemplo. Tentamos passar para os alunos aquilo que deu certo em nossa experiência de vida. Eu também sou fruto de uma escola a qual só tenho elogios, de uma família que sempre teve uma estrutura muito sólida e, por conta disso, tive oportunidades e visões de mundo que me propiciaram estar aqui hoje. Quando você lida com escola, com um público tão numeroso, é obrigado, em primeiro lugar, a mostrar o exemplo. As palavras se tornam vazias, se você não agir de acordo com elas. Por este motivo é importante que toda a equipe trabalhe com os mesmos direcionamentos e, neste sentido, em todos os passos de minha vida profissional, sempre tive a sorte de contar com pessoas comprometidas e não é diferente atualmente. Isso é fundamental, pois ninguém alcança nada sozinho". 


LEIA TAMBÉM


Daiane fala de sua luta contra a silenciosa doença renal e os primeiros passos após o transplante


Indústria focada em vestuário infantil já conta com a presença de representantes em diferentes países do continente, como Itália e Inglaterra


Única instituição de ensino superior dedicada à bebida da América Latina aborda um dos componentes essenciais da cerveja em programações à distância ou em formato concentrado. Inscrições estão abertas para os dois formatos






Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube