Acordo

Após longa negociação, Prefeitura e Hospital firmam convênio de R$ 2,9 milhões

30 Maio 2019 09:43:00

Assinado em moldes pioneiros, contrato terá efetividade avaliada após três meses de vigência

Foto: Ismael Ewald Limberger / Testo Notícias

Foi assinado na tarde de segunda-feira, dia 27, um novo convênio entre a Prefeitura de Pomerode e o Hospital e Maternidade Rio do Testo (HMRT), no valor de R$ 2.938.310,15. Conforme explicam o prefeito Ércio Kriek e o diretor do HMRT, Frank Volkmann, o documento foi elaborado após um longo período de discussões e avaliações. Além disso, o documento segue as orientações do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi). "Foram estipuladas metas e valores, a fim de trazer mais eficiência e controle para ambos os lados", explica Ércio. Já Frank destaca ser este um contrato assinado em moldes pioneiros, bastante diferente dos adotados nos últimos anos. Ainda há divergências com relação aos valores acordados, no entanto, ficou combinado entre as partes que após três meses, uma avaliação quanto à efetividade das novas medidas será realizada. "Como é algo inteiramente novo, precisaremos colocar em prática e reavaliar depois deste período para sabermos se os valores são ou não suficientes e se as medidas adotadas estão funcionando da forma prevista", pontua Volkmann.

Ascom/Assinatura: convênio tem vigência até dezembro deste ano.

A vigência do contrato recém-assinado é de maio a dezembro de 2019. Quando somados os valores investidos até o momento, o montante chega próximo aos R$4 milhões. O principal item do convênio é o atendimento de urgência e emergência. Kriek argumenta não ser obrigação do município custear este atendimento, mas sim do Estado. "No entanto, sabemos da omissão com relação aos repasses aos hospitais e neste ponto o município acaba se tornando um parceiro". Volkmann explica que o Estado não está em atraso com seus repasses, mas que há certos serviços pelos quais não prevê pagamento, portanto, sem o aporte do município, não é possível custeá-los.

Ainda sobre o atendimento de urgência e emergência, prefeito e diretor revelam uma das mudanças a ser adotada. "O município se comprometeu em custear a implantação de um sistema de triagem. Quando o paciente chegar ao hospital, será avaliado e receberá uma pulseira que, conforme a cor, indicará a gravidade do caso e a necessidade na agilidade do atendimento", esclarece Ércio.

Ismael Ewald Limberger / Testo Notícias/

Conforme explica Ércio, estão inclusos no convênio os incentivos aos serviços de consultas e exames, item em que estão previstas consultas ambulatoriais e a realização de exames como ultrassonografia e radiologia. Os pagamentos ao hospital ocorrerão mediante produção. O contrato também prevê um incentivo às cirurgias eletivas.

Outra iniciativa a ser adotada é a criação de uma "central de custos", para que Município e Hospital tenham maior controle sobre os valores e serviços prestados. "Atualmente já possuímos um sistema completamente informatizado e obtemos números totais sobre os atendimentos. Com as novas medidas, teremos esses dados separados por setores. É um desafio e já foi iniciado", revela Volkmann. "O importante é destacar que pretendemos realizar um trabalho que tenha como base o diálogo, para que juntos possamos tornar os serviços mais eficientes e também cobrar do Estado quando necessário. Estamos com as portas abertas e creio que conseguiremos cumprir com estes objetivos", finaliza Kriek. 

Imagens


LEIA TAMBÉM


Intensificação da vacinação será feita no sábado, dia 20, em Pomerode


Intensificação da vacinação será feita no sábado, dia 20, em Pomerode


Hospital e Maternidade Rio do Testo prepara programação especial para incluir toda a família







Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube