25 Setembro 2020 17:17:00

Confira as informações do Boletim Covid-19 dessa sexta-feira

$artigoImagemTitulo

Pomerode confirmou cinco novos casos ativos de Covid-19 nessa sexta-feira, dia 25. São duas mulheres (20 a 29 anos), um homem (50 a 59 anos) e dois adolescentes/crianças (10 a 19 anos).

Como nenhum caso foi recuperado, a cidade possui agora 18 casos positivos ativos. No momento, dois pacientes confirmados estão internados em UTI, em Timbó. Além disso, um paciente confirmado e dois com suspeita da doença estão internados na enfermaria em Pomerode.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
24 Setembro 2020 17:43:00

Confira a atualização do boletim diário

$artigoImagemTitulo

Pomerode não confirmou nenhum novo caso de Covid-19 nessa quinta-feira, dia 24. Além disso, mais dois pacientes que estavam em protocolo de tratamento estão agora recuperados, deixando a cidade com 13 casos positivos ativos. No momento há dois pacientes confirmados internados em UTI, em Timbó, e um internado na enfermaria, em Pomerode. Além disso, há outros dois pacientes com suspeita da doença internados no HMRT.  

A partir de hoje o boletim traz ainda a atualização da avaliação de risco potencial. Trata-se do Programa de Descentralização e Regionalização das Ações de Combate à Covid-19 em Santa Catarina. A Portaria SES Nº592 de 17 de agosto de 2020 estabelece a classificação semanal como balizadora das medidas a serem adotadas.

De acordo com a atualização emitida no dia 22, Pomerode está classificado com a cor laranja, que representa risco potencial de contaminação grave.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



23 Setembro 2020 18:07:00

Confira as informações do Boletim Covid-19 dessa quarta-feira

$artigoImagemTitulo

Pomerode confirmou hoje, dia 23, sete novos casos ativos de Covid-19. São quatro homens e três mulheres:

- Homens - 01 - (30 a 39 anos) - 02 - (40 a 49 anos) - 01 - (50 a 59 anos)

- Mulheres - 01 - (30 a 39 anos) - 01 - (40 a 49 anos) - 01 (60 a 69 anos)

A cidade não recuperou nenhum caso da doença e, com isso, possui 15 casos positivos ativos. Destes, dois pacientes estão internados na UTI, em Timbó. Além disso, três pacientes estão internados no Hospital de Pomerode, um confirmado e dois suspeitos.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
22 Setembro 2020 10:41:00

A informação foi dada por órgão regulador russo, diz agência TASS

$artigoImagemTitulo

A Rússia espera registrar uma segunda vacina em potencial contra a Covid-19 até o dia 15 de outubro, disse a agência de notícias TASS citando o órgão regulador russo de segurança do consumidor Rospotrebnadzor nesta terça-feira (22).

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Vector, da Sibéria, que concluiu o estágio inicial de testes em humanos na semana passada.

A Rússia registrou sua primeira candidata a vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, em agosto. Os testes em estágio avançado desta candidata com pelo menos 40 mil pessoas estão em andamento.

Informações: Agência Brasil.


Pandemia
18 Setembro 2020 16:52:00

Confira as informações do Boletim Covid-19 dessa sexta-feira, dia 18

$artigoImagemTitulo

Pomerode confirmou dois novos casos ativos de Covid-19, os pacientes são um homem, da faixa etária de 50 a 59 anos, e uma mulher, da faixa etária de 40 a 49 anos. O boletim dessa sexta-feira, dia 18, informa ainda que a cidade possui mais dois pacientes recuperados, com isso, há sete casos positivos ativos no momento.   

Apenas um paciente com diagnóstico positivo confirmado permanece internado em UTI, em Timbó.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
17 Setembro 2020 17:17:00

A cidade possui sete pessoas em protocolo de tratamento contra a doença

$artigoImagemTitulo

De acordo com o Boletim Covid-19 dessa quinta-feira, 17, um novo caso da doença foi registrado em Pomerode através de exame laboratorial. Trata-se de uma mulher da faixa etária de 20 a 29 anos. Com isso, a cidade possui sete casos ativos.  

No momento há dois pacientes com diagnóstico confirmado internados em UTI, ambos em Timbó.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
16 Setembro 2020 16:06:00

$artigoImagemTitulo

Boletim atualizado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira (16) aponta que Santa Catarina apresenta apenas uma região em risco gravíssimo atualmente. Eram três regiões nesta situação na semana passada.

A região Nordeste manteve-se no risco gravíssimo (vermelho). Já as regiões de Laguna e do Alto Vale do Rio do Peixe saíram de gravíssimo (vermelho) para grave (laranja).

Outras 12 regiões mantiveram-se no grave (laranja): Oeste, Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense, Meio-Oeste, Serra, Planalto Norte, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Carbonífera, e Extremo-Sul.

O Extremo-Oeste manteve-se na situação de risco alto (amarelo). Nenhuma região está em risco moderado (azul).

Em geral, a nota melhorou na maioria das regiões e ilustra a tendência de queda das últimas semanas. O critério com pior avaliação foi quanto à investigação, testagem e isolamento de casos, seguido do isolamento social.

As melhores avaliações são da reorganização de fluxos assistenciais e a ampliação de leitos.



Pandemia
15 Setembro 2020 17:33:00

Com isso, cidade possui somente três casos ativos

$artigoImagemTitulo

De acordo com as informações do Boletim Covid-19 de hoje, dia 15, Pomerode não registrou nenhum novo caso ativo da doença e confirmou a recuperação de mais duas pessoas. Com isso, o número de casos positivos ativos na cidade caiu para três. 

No momento há dois pacientes confirmados internados em UTI, em Timbó.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.


14 Setembro 2020 17:38:00

A cidade não confirmou novos casos da doença nessa segunda-feira

$artigoImagemTitulo

Sem registrar novos casos há dois dias e recuperando mais três pessoas que estavam em tratamento contra a doença, Pomerode chegou nessa segunda-feira, dia 14, à marca de apenas cinco casos positivos ativos de Covid-19.

Dois pacientes permanecem internados na UTI, ambos em Timbó.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649.



14 Setembro 2020 12:54:00

$artigoImagemTitulo

A Epagri oferece, nos dias 16 e 23 de setembro, uma capacitação online gratuita sobre Boas Práticas de Fabricação de Alimentos (BPF). O curso é direcionado aos manipuladores de alimentos de agroindústrias familiares para que possam preparar, armazenar e vender os alimentos de forma adequada, higiênica e segura. As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui.

A capacitação será oferecida em dois módulos. O primeiro, no dia 16 de setembro, vai abordar as seguintes temáticas: boas práticas e higiene pessoal, microbiologia dos alimentos, higienização do ambiente, equipamentos e utensílios. O segundo, dia 23, traz como conteúdos qualidade da água, controle de pragas, layout da agroindústria e legalização. Os ministrantes serão os engenheiros de alimentos Henrique Rett e Ezequiel Nunes, o médico-veterinário Marcelo Pedroso e a nutricionista Elisiane Casaril, todos da Epagri. 

O curso é oferecido pelo Programa Gestão de Mercados, sob coordenação da extensionista Telma Tatiana Köene. Segundo Telma, essa capacitação é obrigatória para os estabelecimentos que trabalham com manipulação de alimentos a cada dois anos, como é o caso das agroindústrias. "Devem participar tanto os manipuladores que nunca fizeram o curso como os que já têm longa caminhada na atividade, pois as boas práticas colaboram para a segurança sanitária do alimento e devem ser relembradas". diz ela. 

Em muitos municípios, para retirar o alvará sanitário junto à vigilância municipal, é preciso apresentar o certificado de capacitação na área. A Epagri oferece o curso de BPF regularmente em todas as regiões catarinenses e agora, devido às restrições impostas pela pandemia, está promovendo na modalidade online. O curso terá emissão de certificado, inclusive com duas avaliações para ajudar a fixar os conteúdos. Os certificados são reconhecidos pela Vigilância Sanitária Estadual e pela Cidasc.


Atenção
12 Setembro 2020 08:51:00

O motivo é a baixa procura de atendimentos pela diminuição de casos da Covid-19

A Prefeitura Municipal de Pomerode, por meio da Secretaria de Saúde do Município, informou que devido a diminuição de casos da Covid-19 e, consequentemente, a baixa procura de atendimento, a unidade de Saúde de E.S.F. Ricardo Jung não abrirá mais aos sábados de manhã.


Pandemia
11 Setembro 2020 16:52:00

Confira o boletim divulgado nessa sexta-feira, dia 11

$artigoImagemTitulo

Segundo informações da Secretaria de Saúde de Pomerode, nessa sexta-feira, dia 11, nenhum novo caso de coronavírus foi confirmado na cidade, além disso, mais três pessoas estão recuperadas da doença. No total, são 10 casos positivos ativos. 

No momento, há dois pacientes confirmados internados na UTI, em Timbó.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
09 Setembro 2020 17:03:00

Idoso de 74 anos estava internado na UTI do Hospital Santa Isabel

$artigoImagemTitulo

Uma triste notícia foi confirmada na tarde dessa quarta-feira, dia 09. Mais um pomerodense faleceu vítima da Covid-19. Trata-se de um homem de 74 anos, com comorbidades, que estava internado no Hospital Santa Isabel, em Blumenau. 

Em nota, a Prefeitura de Pomerode prestou condolências aos familiares e amigos, se solidarizando neste momento de profunda dor.

Além disso, a cidade confirmou mais seis novos casos ativos de Covid-19. São um homem, quatro mulheres e um adolescente.

- Homens - 01 (80 a 89 anos)

- Mulheres - 02 (30 a 39 anos) - 01 (40 a 49 anos) - 01 (50 a 59 anos)

- Criança/adolescente - 01 (10 a 19 anos)


A cidade também registrou mais cinco pacientes recuperados da doença, com isso, Pomerode possui 13 casos positivos ativos. Dois pacientes confirmados estão internados em UTI, em Timbó, e um suspeito está internado em enfermaria, em Blumenau.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.

Obs. Inicialmente a Prefeitura de Pomerode havia divulgado a idade da vítima como sendo 84 anos, em seguida, corrigiu a informação e informou que, na verdade, o homem tinha 74 anos. 


Sarampo
09 Setembro 2020 09:46:00

$artigoImagemTitulo

Após 21 semanas sem registros de novos casos de sarampo, a Secretaria de Estado da Saúde confirma o fim do surto da doença no estado, que começou em julho de 2019. De acordo com o último boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), durante o período de surto ativo de sarampo foram confirmados em Santa Catarina 411 casos da doença. O último no mês de abril.

Segundo protocolo da Organização Pan-Americana da Saúde são necessárias, ao menos, 12 semanas consecutivas sem registros de novos casos para que um o surto da doença seja considerado encerrado. A Dive aguardava o resultado de alguns exames para confirmar o fim da transmissão do vírus no estado. "Ainda tínhamos exames em análise, por isso decidimos esperar um pouco mais para ter certeza do encerramento do surto", esclarece a enfermeira responsável pela vigilância da doença no estado Alda Maria Rodolfo da Silva. 

Do total de casos confirmados desde o início do surto, 301 foram no ano de 2019 e 110 em 2020. Não houve registro de óbitos. A faixa etária mais atingida foi a de adultos jovens com idade entre 20 a 29 anos, 45% dos casos, seguido da faixa etária de 15 a 19 anos (28%). Dos 295 municípios catarinenses, 43 registraram casos. 

A Secretaria da Saúde atribui o fim do surto do sarampo no estado ao trabalho das equipes em vigilância em saúde de toda a rede estadual, municipal, equipes de vacinação, equipes de laboratório e também a grande participação da população que aderiu a vacinação do sarampo. No entanto, o trabalho continua. Equipes de vigilância permanecem em alerta em todos os municípios com o intuito de detectar possíveis novos casos suspeitos.

População ainda precisa se vacinar

A única forma de evitar o sarampo é com a vacinação. Por esse motivo, mesmo com o fim do surto da doença no estado, é muito importante que crianças, jovens e adultos mantenham a carteira de vacinação atualizada. "Aqui em Santa Catarina estamos sem casos, neste momento, mas a doença permanece em surto ativo em outros estados do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná. Então, principalmente agora, que as pessoas estão voltando a transitar entre os estados, a viajar, é importante redobrar os cuidados para que os casos não voltem a aparecer.", ressalta a enfermeira Alda Maria Rodolfo da Silva.

A vacina tríplice viral que previne contra sarampo, caxumba e rubéola é recomendada para toda a população com idade entre 6 meses e 59 anos. A aplicação da vacina é indicada aos 12 meses de vida, com reforço da tetra viral que protege contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora) aos 15 meses.

Quem não lembra, não sabe se tomou ou não tem mais a carteira de vacinação, deve procurar um posto de saúde. Pessoas com idade entre 12 meses e 29 anos devem ter tomado duas doses ao longo da vida; pessoas com 30 a 59 anos, uma dose. Para crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias é recomendada a dose zero até que se encerre o surto da doença em todos os estados do país. As doses estão disponíveis gratuitamente nos postos de saúde de todo o estado.

Histórico

Em Santa Catarina, a circulação do vírus do sarampo havia sido interrompida em 2000. Desde então, registraram-se casos esporádicos e importados em 2001 (1 caso), 2003 (2 casos) 2005 (4 casos) e, em 2013 (1 caso), todos relacionados com histórico de viagens internacionais identificados com genótipo D8, que circula no continente europeu. Os últimos óbitos no estado foram registrados em 1992.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral que pode causar complicações à saúde e, em casos mais graves, levar à morte. A doença é extremamente contagiosa, sendo que uma única pessoa pode transmitir o vírus para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado.

O vírus se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros. Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas. Pessoas que apresentam esses sintomas devem procurar o serviço de saúde com a máxima urgência.


Pandemia
08 Setembro 2020 17:22:00

Nessa terça-feira, dia 8, foram confirmados dois novos casos e recuperados outros quatro

$artigoImagemTitulo

De acordo com informações do boletim divulgado nessa terça-feira, dia 8, dois novos casos de Covid-19 foram confirmados em Pomerode, tratam-se de um homem (50 a 59 anos) e uma mulher (40 a 49 anos).  

Além disso, mais quatro pessoas estão recuperadas da doença. Com isso, a cidade possui agora 13 casos positivos ativos.

No momento três pacientes com diagnóstico positivos estão internados em UTI's, dois em Timbó e um em Blumenau.

Central de Atendimento Covid-19: 3387-7646, 3387-7647 e 3387-7649. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 07h30min às 17h.



Pandemia
04 Setembro 2020 15:14:00

$artigoImagemTitulo

A Secretaria de Estado da Saúde doou quatro mil testes rápidos para detecção de Covid-19 para o programa Saúde na Estrada. Realizado pela Ipiranga, o projeto traz testagens e oferece vacinação gratuita (sarampo e H1N1) para caminhoneiros, motoristas e viajantes em Santa Catarina.

A ação ocorre desde 21 de agosto e segue até o dia 17 de setembro, em diversas regiões do estado. O público atendido recebe um kit com itens de higiene, para evitar o contágio do novo coronavírus, com a higienização das mãos e da cabine dos caminhões. O kit contém máscaras de proteção, flanelas, sabonetes - em parceria com a startup Pro-Frotas -, saboneteiras oferecidas pela ConectCar, cartilha com instruções e álcool 70, produzido em parceria com as empresas ICONIC Lubrificantes, Copersucar e Natura.

Além da primeira cidade, mais nove regiões catarinenses receberão o programa de responsabilidade social: Imbituba, Balneário Piçarras, Barra Velha, Araquari, Joinville, Papanduva, Otacílio Costa, Lages e São Cristóvão do Sul. Serão, em média, 200 doses das vacinas disponíveis diariamente. Além dos caminhoneiros, moradores das comunidades e regiões próximas aos postos também poderão ser atendidos de forma gratuita. O programa já passou por São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, com cerca de 30 mil atendimentos.

"A Ipiranga, desde o início da pandemia, vem criando campanhas e adaptando programas sociais já existentes para apoiar a população neste momento de fragilidade. Estamos confiantes de que ações como essa, que mostram a união entre diferentes agentes - sejam privados, públicos ou sociedade civil - farão com que nossa sociedade saia mais fortes dessa pandemia", disse Miguel Lacerda, Diretor Comercial Rede da Ipiranga.

A estrutura instalada para atender os trabalhadores será a da Saúde na Estrada, programa social da Ipiranga que, há mais de 10 anos, oferece exames e atendimento médico gratuito para caminhoneiros em todo o Brasil. Mais de 500 mil pessoas já foram atendidas.

Para o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, a testagem da população e o monitoramento dos contatos são ações fundamentais para conter o avanço da pandemia. "Entendemos que os testes e o amplo monitoramento dos contatos são fundamentais nesse momento do enfrentamento , por isso participamos do projeto com a doação dos kits de testes rápidos", destacou. "É muito importante a participação de atores de diversas esferas, sejam públicas ou privadas, para que tenhamos sucesso no combate a pandemia".

SERVIÇO

Papanduva

08 e 09 de setembro
Auto Posto Norte Sul Ltda
Rod. BR 116, S/N, KM 52,5 (Passo Ruim)

Otacílio Costa

10 e 11 de setembro
Irmãos Zambonato Ltda.
Rod. SC 425, 1.369, KM 34 (Adolfo Floriane)

Lages

14 e 15 de setembro
Posto Leo Ampessan Ltda.
Rod. BR 116, S/N, KM 246 (Área Industrial)

São Cristóvão do Sul

16 e 17 de setembro
Cesca & Cia Ltda.
 Rod. BR 116, S/N (Monte Alegre)


Bem-estar
04 Setembro 2020 07:25:00

Dr. João Padua explica quais são os riscos e as melhores medidas para evitar o problema

$artigoImagemTitulo

Com a evolução da medicina preventiva ocorreu o consequente envelhecimento da população e, como isso, o aumento do registro de doenças crônico-degenerativas, entre elas as que causam as quedas. Segundo estáticas, 30% dos idosos caem uma vez por ano. Os riscos aumentam com o avançar da idade e essa, provavelmente, é a causa mais comum de internação hospitalar para a população dessa faixa etária.
De acordo com o Dr. João Padua, as quedas em idosos representam um grave problema de saúde pública, cuja dimensão não é percebida pela sociedade brasileira. "Estas só são valorizadas quando provocam lesões importantes, como: fraturas de ossos, principalmente no fêmur e do quadril; trauma no crânio; depressão e ansiedade, por medo de novas quedas, além de ser pouco explorado nos meios acadêmicos e no âmbito de saúde pública".
Com frequência este problema é pouco valorizado, até mesmo entre os próprios médicos e por outros profissionais da saúde, que as consideram inevitáveis com o envelhecimento. "Mas na verdade, suas causas podem ser diagnosticadas e prevenidas, levando com isso a uma redução da morbidade, mortalidade e de custos financeiros, já que as quedas são causadoras de lesões, de distúrbios emocionais, declínio funcional e até a morte". As quedas resultam de alguns fatores: 

1) relacionados ao indivíduo (intrínsecos)

- Idade 
- Queda anterior
- Diminuição da acuidade visual
- Tontura 
- Distúrbio de equilíbrio e da marcha 
- Lesões do sistema nervoso 
- Doenças do aparelho locomotor
- Problemas relacionados a pressão arterial (hipotensão ortostática) 
- Depressão e transtorno do sono 

2) relacionado ao ambiente (extrínsecos)

- Condição do piso 
- Escadas 
- Cadeiras 
- Leito
- Banheiro 
- Calçados e órtese mal adaptados
- Poli medicamento, principalmente benzodiazepínicos, antidepressivos anticonvulsivantes e antiarrítmicos 


Muitas causas de quedas em idosos estão relacionadas com o próprio indivíduo (fatores intrínsecos) entre eles estão: uso de medicamentos, labirintites, problemas cardíacos, neurológicos, problemas de visão e audição, e estados de hidratação e nutrição. "Por este motivo é muito importante fazer o acompanhamento com o seu médico para que possam ser adotadas medidas preventivas e assim evitar as quedas e se elas ocorrerem, por uma eventualidade, poder diminuir sua gravidade".

Um exemplo de prevenção a ser adotada para diminuir o agravo nas quedas é o controle da osteoporose. Este controle pode ser feito adotando as seguintes medidas: banho de sol, reposição hormonal, aumento da ingestão de produtos lácteos e suplementação de vitaminas e minerais além da prática regular de atividade física.


Já que 70% das quedas ocorrem em casa, torna-se importante os cuidados com o ambiente (fatores extrínsecos), "porém nem sempre nos damos conta de como organizá-los". Confira algumas dicas importantes:

- Manter os ambientes bem iluminados, se possível em alguns ambientes usar sensor de movimento;
- Utilização de corrimão em escadas, além de tiras adesivas antiderrapantes em cada borda dos degraus;
- Eliminar tudo aquilo que possa provocar escorregões, como tapetes;
- Use tapetes antiderrapantes no chuveiro e barras de apoio nas paredes;
- No banho, utilize uma cadeira de plástico firme com cerca de 40 cm, caso não consiga se abaixar ou se sinta instável;
- Use sapatos antiderrapantes e evite sapatos de salto alto;
- Sentar-se para calçar os sapatos;
- Não se sentar em cadeira ou sofá muito baixo, pois o grau de dificuldade para levantar-se é maior;
- Deixe sempre o caminho livre de obstáculos;
- Cuidado com o piso, pois umidade e gordura podem deixá-lo mais escorregadio;
- Ao organizar os ambientes deixe os objetos que mais utiliza ao nível dos olhos, evitando assim abaixar em excesso e subir em escada para alcançá-los;


"No entanto, se mesmo com todos esses cuidados o idoso ainda assim sofrer uma queda é essencial realizar o socorro de forma rápida, já que, quanto mais rápido o acidentado for atendido (o ideal é dentro de até uma hora), as chances de ter sequelas é muito menor".
Outra dica é que durante o período de recuperação, a família fique atenta para não reforçar o medo da queda. "É comum que os familiares, na tentativa de proteger o idoso, acabem contribuindo para a fobia. Restringindo o idoso de atividades que ele costumava praticar, o lembrando sempre da possibilidade de novas quedas e interferindo na sua autonomia. É preciso que os riscos sejam diminuídos para que novos acidentes sejam evitados. Mas, deve se ter cuidado, também, em não restringir a pessoa de sua vida social, impactando na qualidade de vida", finaliza.

Informações:  
Dr. João Padua - CRM: 19.194
Rua Hermann Weege, 2177 - Centro de Pomerode
Fone: (47) 99942-1949


Pandemia
03 Setembro 2020 11:06:00

$artigoImagemTitulo

A Secretaria de Estado de Saúde atualizou o mapa de risco da Covid-19 nesta quarta-feira (2). Segundo o boletim, são cinco regiões em risco gravíssimo, mantendo estabilidade em relação ao último boletim.

As regiões em risco gravíssimo são: Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Meio-Oeste, Oeste, e Nordeste. A região Oeste passou de grave para gravíssima.

Já a região Extremo-Sul passou de gravíssima para grave. Além dela, estão classificadas como grave o Alto Uruguai Catarinense,

Alto Vale do Rio do Peixe , Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Laguna, Médio Vale Do Itajaí, Extremo-Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinense, e Xanxerê.

Nenhuma região encontra-se em risco alto ou moderado.

Para realizar a avaliação, o governo do Estado leva em consideração os índices de casos ativos e recuperados, incidência, letalidade e velocidade de avanço do vírus.

Conforme cada classificação, os gestores são orientados a seguir uma série de ações, que variam desde o reforço nas medidas de isolamento social, aumento na testagem e isolamento de casos, reorganização dos fluxos assistenciais, e ampliação de leitos.


Pandemia
02 Setembro 2020 15:23:00

Os casos na cidade estão baixando e ela agradece a população

$artigoImagemTitulo

Na tarde de terça-feira, dia 1º, a secretária de Saúde de Pomerode, Lígia Hoepfner, gravou um boletim informando sobre a situação do coronavírus no município. No vídeo, Lígia começa agradecendo a população por ter respeitado as medidas preventivas da pandemia, aos profissionais de saúde por todo o trabalho realizado com casos suspeitos e confirmados e também a fiscalização.

Devido ao trabalho, o número de casos em Pomerode está diminuindo. Por outro lado, a secretária pede para que todos mantenham as medidas para o enfrentamento da Covid-19, como distanciamento, uso da máscara e álcool em gel. Além disso, Lígia informa que a Secretaria Estadual de Saúde liberou as cirurgias eletivas que usam anestesia geral e os agendamentos para consultas e exames de média complexidade.

Segundo ela, para que tudo continue funcionando e o Estado não tenha que fechar novamente determinados setores, os cuidados terão que continuar. A secretária também relembra que em qualquer caso suspeito, com sintomas como o começo de coriza, dor de garganta, febre, tosse ou sem sentir gostos e cheiros, é necessário procurar unidades de saúde para receber o atendimento necessário.



Pandemia
02 Setembro 2020 11:36:00

$artigoImagemTitulo

O secretário de Estado de Saúde, André Motta Ribeiro, disse em audiência pública na Assembleia Legislativa de SC (Alesc) nesta quarta-feira (2) que o governo vai recolher de hospitais equipamentos de combate à Covid relativos a leitos que não foram habilitados pelo Ministério da Saúde.

Os materiais são relativos aos cerca de 120 leitos de UTI que estão parados por falta de medicamentos e de profissionais de saúde. Outra razão para frear a abertura de leitos é a própria sinalização de que a doença arrefeceu no Estado.

"Eu quero avisar aos hospitais e aos senhores que provavelmente esses leitos não serão mais ativados. Já estamos no mês de setembro e o próprio Ministério de Saúde sinaliza que quando não há ativação de leitos nem comprovação de ocupação ou série histórica a esses leitos passam a não fazer sentido dentro da rede de enfrentamento Covid ", disse Ribeiro.

"Apesar de todo nosso esforço para trazer equipamentos e equipes, alguns hospitais que já receberam equipamentos terão os materiais recolhidos pelo Estado e não mais ficarão à disposição da rede Covid", complementou.

O Estado praticamento dobrou o número de leitos em meio à pandemia. Antes da doença eram cerca de 800 leitos SUS disponíveis, e agora são 1,5 mil. Atualmente, 487 leitos estão disponíveis em uma taxa de ocupação de 67,8%.






Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube