Câmara em destaque

Mudanças no trânsito e o papel do órgão fiscalizador

Foto: Equipe TN

De polêmica em polêmica seguem os trabalhos da Câmara de Vereadores. Na sessão realizada na noite de terça-feira, 24 de setembro, muitas foram as cobranças feitas na tribuna, mas o que mais gerou alvoroço foram as questões envolvendo o trânsito do município. "A atuação da Gerência de Trânsito é um dos assuntos mais comentados na Câmara nas últimas sessões", disse Rafael Pfuetzenreiter. "A comunidade precisa ser respeitada e não apenas penalizada, é um dever nosso cobrar", completou Aldino Oldenburg.

O tema foi abordado por Jean Nicoletto. De acordo com o vereador, muitas são as dúvidas e as cobranças feitas pelos munícipes, principalmente quanto à padronização de velocidade nas vias da cidade, cobrança de multas e a instalação de ciclofaixas em algumas localidades. "Quero, mais uma vez, demonstrar uma grande indignação e sei que esse sentimento é compartilhado com os demais vereadores, que também não concordam com o que está acontecendo. São várias situações que nos fazem questionar se as lombadas eletrônicas estão autuando de forma correta. Sem contar outras atitudes da Getran, inclusive envolvendo o atendimento e a abordagem dos profissionais. Eu acredito que está ocorrendo um descaso do órgão com os pomerodenses", declarou.

Nicoletto afirmou ainda que o requerimento, assinado pelos vereadores, solicitando uma audiência pública para debater as atividades do órgão, ainda não foi respondido. "Quero cobrar, novamente, para que essa audiência aconteça. É a comunidade que demanda para que possamos representá-la, precisamos saber se será feita ou não. Eu cobro em tribuna, cobro do Executivo e até o momento nada, isso me deixa revoltado".

Para o presidente da Câmara, Zauri Martins do Nascimento, a Getran é um órgão necessário para Pomerode, mas para que atenda às necessidades da população. "Fiscalizar quando necessário e da forma correta. O problema é que, às vezes, ultrapassa todos os limites. Nós vereadores somos cobrados diariamente e parece que não fazemos nada", disse. "Mas nós cobramos, e cobramos muito", reafirmou Lodimar Lümke.

Outro assunto apresentado em tribuna foi a Conferência Municipal de Assistência, realizada na tarde de quarta-feira, 25. "Essa Conferência é importantíssima para todas as pessoas que usam o serviço, e hoje nós sabemos que todos têm direito ao atendimento. Assistência social é garantir o direito do cidadão dentro das suas demandas", explicou Amarildo da Silva.

Indicações para melhorias em ruas, questões envolvendo obras públicas em andamento e a ocupação do solo em margens de rio com relação à legislação federal que estabelece o recuo também estiveram em pauta. A próxima sessão da Câmara de Vereadores será realizada na noite de terça-feira, 1º de outubro, a partir das 18h.


LEIA TAMBÉM


Há registro de 164 pontos de concentração de grevistas e 254 municípios com problemas no abastecimento de combustível


Presidente esteve em Florianópolis nesta quinta-feira (17) e defendeu o excludente de ilicitude



Encontro de integração do Sul e Sudeste acontece nesta sexta e sábado (18 e 19)





Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube