Jornada coloca plantas medicinais e fitoterapia na pauta da sociedade

13 Junho 2018 08:29:00

Com o olhar nos Saberes Tradicionais e nos conhecimentos científicos, a VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais debaterá sobre o cultivo e a utilização das Plantas Medicinais e Fitoterapia na Saúde Pública.

A cadeia produtiva das plantas medicinais e a utilização da Fitoterapia na saúde pública ganharam destaque em Santa Catarina a partir dos anos 90. Um dos exemplos é a criação, no final dos anos 90, de uma das primeiras legislações voltadas ao setor no Brasil. Nos dias 14 e 15 de junho, a VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia reúne especialistas, agentes públicos, instituições de pesquisa e diversas entidades, num dos principais espaços de debate e troca de experiências entre conhecimentos científicos e saberes tradicionais, voltados ao cultivo e ao uso das plantas na saúde. Neste ano, os debates ainda incluem a legislação e políticas públicas que podem ser fundamentais ao sistema público de saúde. 

As conferências iniciam na manhã da quinta-feira (veja programação), no auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa. As inscrições já estão disponíveis gratuitamente no site da Escola do Legislativo (link aqui https://goo.gl/ru9Xza). Entre os principais temas, a Legislação Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia, as Políticas Públicas vinculadas à fitoterapia, identificação, produção e comercialização de Plantas Medicinais, a utilização popular e por povos tradicionais e os relatos de experiências no setor em diversos municípios do Estado. 

Com uma média de público de 500 participantes desde a primeira edição, em 1997, a Jornada incentiva e dá visibilidade aos sucessos e desafios da cadeia produtiva e da utilização da Fitoterapia na Saúde Pública. Isso influenciou desde a criação de planos municipais de fitoterapia e projetos de pesquisa, até experiências comunitárias de produção e manipulação, com acompanhamento de universidades e centros de pesquisa. Na oitava edição da Jornada, apliam-se ainda mais a parceria e a participação de Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão, ONGs e entidades públicas e privadas do Estado. 

A organização e realização da VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia têm a participação da Associação Catarinense de Plantas Medicinais, Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, Frente Parlamentar Catarinense de Práticas Integrativas e Pastoral Saúde de Santa Catarina.


LEIA TAMBÉM


Há registro de 164 pontos de concentração de grevistas e 254 municípios com problemas no abastecimento de combustível


Evento teve a presença de aproximadamente 10 mil pessoas. Lideranças políticas de diferentes partidos demonstraram apoio


Cerca de 1,5 mil gestores municipais participam do evento que tem como tema Cidades para pessoas, soluções para Municípios




Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube