Jornada coloca plantas medicinais e fitoterapia na pauta da sociedade

13 Junho 2018 08:29:00

Com o olhar nos Saberes Tradicionais e nos conhecimentos científicos, a VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais debaterá sobre o cultivo e a utilização das Plantas Medicinais e Fitoterapia na Saúde Pública.

A cadeia produtiva das plantas medicinais e a utilização da Fitoterapia na saúde pública ganharam destaque em Santa Catarina a partir dos anos 90. Um dos exemplos é a criação, no final dos anos 90, de uma das primeiras legislações voltadas ao setor no Brasil. Nos dias 14 e 15 de junho, a VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia reúne especialistas, agentes públicos, instituições de pesquisa e diversas entidades, num dos principais espaços de debate e troca de experiências entre conhecimentos científicos e saberes tradicionais, voltados ao cultivo e ao uso das plantas na saúde. Neste ano, os debates ainda incluem a legislação e políticas públicas que podem ser fundamentais ao sistema público de saúde. 

As conferências iniciam na manhã da quinta-feira (veja programação), no auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa. As inscrições já estão disponíveis gratuitamente no site da Escola do Legislativo (link aqui https://goo.gl/ru9Xza). Entre os principais temas, a Legislação Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia, as Políticas Públicas vinculadas à fitoterapia, identificação, produção e comercialização de Plantas Medicinais, a utilização popular e por povos tradicionais e os relatos de experiências no setor em diversos municípios do Estado. 

Com uma média de público de 500 participantes desde a primeira edição, em 1997, a Jornada incentiva e dá visibilidade aos sucessos e desafios da cadeia produtiva e da utilização da Fitoterapia na Saúde Pública. Isso influenciou desde a criação de planos municipais de fitoterapia e projetos de pesquisa, até experiências comunitárias de produção e manipulação, com acompanhamento de universidades e centros de pesquisa. Na oitava edição da Jornada, apliam-se ainda mais a parceria e a participação de Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão, ONGs e entidades públicas e privadas do Estado. 

A organização e realização da VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia têm a participação da Associação Catarinense de Plantas Medicinais, Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, Frente Parlamentar Catarinense de Práticas Integrativas e Pastoral Saúde de Santa Catarina.


LEIA TAMBÉM


Há registro de 164 pontos de concentração de grevistas e 254 municípios com problemas no abastecimento de combustível


Confira o trabalhos dos jovens legisladores de Pomerode


Candidatos, eleitos e não eleitos, falam sobre o trabalho desenvolvida por Pomerode e região


De Pomerode, aposta do partido Novo é o único representante do Médio Vale eleito deputado federal





Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube