Política

Gilson Marques apresenta PL para autorizar a prisão após condenação em segunda instância

Deputado do NOVO propõe execução provisória da pena, em alteração do CPP

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (8), o deputado Gilson Marques (NOVO-SC) protocolou o Projeto de Lei nº 5932/2019, que altera o art. 283 do Código de Processo Penal (CPP), para autorizar a execução provisória da pena de prisão aos réus com condenação criminal em julgamento de segunda instância.. 

"O PL é um resposta à decisão absurda do STF (Supremo Tribunal Federal), ontem, que se posicionou contrário à prisão após condenação em segundo grau. A responsabilidade foi dada ao Congresso, então, nós do NOVO assumimos e propusemos essa alteração", comenta o parlamentar.

Na votação de ontem, o STF declarou a constitucionalidade do art. 283 do CPP, o que significa que, hoje, a execução da pena só poderá ocorrer após o trânsito em julgado da decisão condenatória.

Por outro lado, o STF jogou para o Parlamento a responsabilidade dessa decisão, ao insistir que, a qualquer momento, o Congresso Nacional pode alterar o art. 283 por lei ordinária e determinar que a execução possa ocorrer antes do trânsito em julgado.

"O que o PL institui é a autorização da execução provisória da pena, após o criminoso ter sido condenado em segunda instância. E, ainda, garante o respeito à presunção da inocência, uma vez que só depois de dois julgamentos condenatórios é que a prisão para execução provisória poderá ser decretada", complementa Marques.

Segundo o parlamentar catarinense, este Projeto de Lei garante a segurança pública, o combate ao crime, a celeridade processual, a efetividade das prestações jurisdicionais penais."O mais importante é evitar que condenados por crimes se livrem do cumprimento da pena mediante a interminável interposição de sucessivos recursos protelatórios. Não há nada mais urgente do que manter condenados presos", finaliza.

Obstrução - A Bancada do NOVO na Câmara, conjuntamente ao PODEMOS, CIDADANIA e Partido Verde, decidiu obstruir todas as votações do Plenário até que uma proposta que permita a prisão após condenação em segunda instância seja aprovada.  



LEIA TAMBÉM


Há registro de 164 pontos de concentração de grevistas e 254 municípios com problemas no abastecimento de combustível



Parlamentar divulgou resultados do seu canal digital de pedidos de emendas, que deve contemplar 58 municípios






Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube