Casa Legislativa

Amarildo da Silva avalia mandato à frente da casa legislativa

21 Dezembro 2018 10:19:00

Foto: Marta Rocha
Legislativo: presidente da Câmara de Vereadores de Pomerode, Amarildo da Silva, fala sobre as ações em 2018

Amarildo da Silva (PP), em seu segundo mandato como vereador, fala sobre as ações desenvolvidas em 2018. Esta também é a segunda vez que Amarildo está à frente da Casa Legislativa. Ele destaca que a Mesa Diretora trabalhou em várias frentes durante todo o ano para atender as várias demandas urgentes apresentadas pela comunidade. "Fomos acompanhando as necessidades da cidade e observamos os casos que precisavam de atenção redobrada", destaca.

Além dos vários projetos discutidos na Câmara de Vereadores, apresentados tanto pelo Executivo quanto pelo Legislativo, os trabalhos também foram pensados para garantir a redução de custos, bem como a lisura de cada ato. "Precisamos sempre primar pela transparência em todas as ações e a Mesa Diretora foi muito atuante durante o ano".

Olhar para a comunidade 

Dos projetos conduzidos por Amarildo, o vereador destaca duas iniciativas que têm forte aspecto social e envolvimento familiar. O primeiro deles, aprovado em 2018, garante que o paciente, que aguarda consulta para atendimentos de urgência e emergência no Hospital e Maternidade Rio do Testo, tenha o acompanhamento de um familiar, independentemente da idade.

"É um projeto bem simples, mas é muito importante para esses pacientes. Antes da aprovação, essas pessoas não tinham um amparo legal para que pudessem acompanhar seu familiar durante esses atendimentos em Pomerode. A premissa é que o acompanhamento possa tornar o atendimento mais humanizado", ressalta Amarildo.

Outro projeto, de autoria do presidente da Câmara, intitulado "Noite Gospel", também teve sua primeira edição realizada em 2018. Ele foi sancionado em 2016 e com a primeira edição realizada nesse ano, passa a fazer parte do calendário oficial do município.

"Todas as entidades cristãs do município foram convidadas a participar desse grande encontro ecumênico. Aqueles que compartilharam do momento gostaram muito. Acredito que eventos com o intuito de promover a união das famílias são muito importantes", reafirma.

Redução de custos 

Mesmo com o cenário econômico desfavorável e acontecimentos que mexeram com a rotina do país, Amarildo comemora a redução com as despesas da Câmara de Vereadores durante o ano de 2018. "A Câmara acabou atuando em várias frentes, todos os gastos foram avaliados e houve redução significativa, sempre em comum acordo com a Mesa Diretora e os anseios da comunidade. Todos os processos de aquisição de insumos, bem como novos investimentos são sempre auditados para assegurar à comunidade nosso compromisso com o bom uso do dinheiro público. Entre as aquisições e investimentos feitos pela Câmara devemos destacar a instalação do cartão ponto eletrônico, a aquisição de equipamentos para suporte ao setor de comunicação, melhorias no sistema de informatização, internet e servidor para arquivamento de informações, além de videomonitoramento para garantia da segurança. Devemos reforçar que a economia que tivemos será totalmente revertida à comunidade, para atender as demandas do município", explica.

Repasses ao Executivo 

Do trabalho em parceria com o Executivo, Amarildo reitera a aprovação de recursos, bem como o repasse de valores para atender algumas demandas. Durante o ano, a Câmara repassou um montante de R$ 1.175.000,00, que pode ser usado pelo Executivo para melhorias em creches e escolas, na saúde, em obras de pavimentação, para a segurança pública e também para repasses às entidades. "Tivemos o cuidado de fazer esse repasse para entidades de grande contribuição para a comunidade. Também, através de projetos aprovados por meio de programas como o 'Avançar Cidades' e 'FINISA', Pomerode tem até R$ 30 milhões disponíveis para pavimentação. "Esse é um dos pedidos mais fortes da comunidade".

  Prioridades para 2019 

Para Amarildo, uma das principais demandas em Pomerode continua sendo a saúde, que tem problemas sérios. "O município é muito afetado neste quesito, principalmente na questão dos exames e procedimentos de média e alta complexidade. Sabemos que no quesito 'Atenção Básica' temos condições de atender, mas um atendimento especializado é sempre mais complicado," argumenta.

O vereador explica que isso se dá porque os repasses estaduais e federais demoram muito a chegar e, na maioria das vezes, não são suficientes. "É triste saber que famílias pomerodenses estão sofrendo por falta de cirurgias ou exames. Isso precisa ser revisto pelo município, que não pode mais ficar nas mãos do governo estadual e federal".

Além da saúde, outros assuntos que, segundo Amarildo, não poderão sair de pauta são saneamento básico, pavimentação e segurança pública. "São demandas elencadas pela comunidade e que precisam de um olhar diferenciado. Os cidadãos podem acompanhar o nosso compromisso com a transparência. Queremos agradecer a todos que nos apoiaram e estiveram conosco em todos os trabalhos durante esse período como presidente da Câmara. Como vereador, continuarei trabalhando em defesa da nossa cidade e das nossas pessoas", concluiu.


LEIA TAMBÉM


Há registro de 164 pontos de concentração de grevistas e 254 municípios com problemas no abastecimento de combustível


Prefeito Ércio Kriek e vice-prefeita, Gladys Sievert, reúnem secretários para um levantamento do ano 2018


Segue em ordem cronológica, o balanço das atividades legislativas da Câmara Mirim do ano de 2018. Neste encarte constam os principais fatos que marcaram o ano do Projeto da Câmara Mirim de Pomerode






Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube