Crédito Rural

Sicredi liberou mais de R$ 150 milhões em crédito rural para SC

06 Dezembro 2018 08:31:00

Valor é corresponde aos quatro primeiros meses da safra 2019. Aumento em relação à safra passada chega a 58%

Foto: Felipe Götz O Celeiro

De julho a outubro, o Sicredi liberou mais de R$ 150 milhões em crédito rural para clientes em Santa Catarina. Os valores são destinados à comercialização, custeio, industrialização e investimento. O montante é 58% maior do que o liberado na safra passada.

Cerca de 70% do total, ou R$ 105 milhões, foram liberados para financiar o custeio da safra. Em seguida, estão os investimentos, com 22,4%, ou R$ 33,6 milhões. Na sequência, está o financiamento da comercialização, com R$ 11 milhões liberados, e a industrialização, com R$ 11 mil.

O aumento em relação à safra passada é significativo. No total, o crescimento é de 58% no valor liberado, mas os investimentos (84%) e o custeio (59%) mostraram desempenho importante. A comercialização (6%) e a industrialização (0%) tiveram resultados mais próximos da estagnação. 

Desempenho regional 

A central do Sicredi que atende Santa Catarina atua também no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais. Somados os resultados, o total liberado para crédito rural nos três estados chega a R$ 3,99 bilhões. Os gaúchos são destaque, com mais de R$ 3,84 bilhões financiados.  

"Pequenos e médios produtores rurais e agroindústrias familiares continuam sendo um dos principais públicos atendido pelo Sicredi, que correspondem a 63,48% das operações realizadas no RS, SC e MG", explica Márcio Port, vice-presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste. Os três estados representam quase metade de toda a operação de crédito rural do Sistema Sicredi no Brasil.  

"Este cenário revigora a estratégia do Sicredi na busca de novas perspectivas e soluções a oferecer e mostra, também, que o associado está apostando na retomada da economia, pois estão investindo em seus negócios", reflete Port. 



LEIA TAMBÉM


Material vai ampliar acesso ao diagnóstico mas não substituirá o teste confirmatório feito nas UBSs


Bloqueio ocorre em aparelhos que não oferecem qualidade e segurança exigidas pela regulamentação brasileira


Para continuar assistindo à programação da TV aberta, todas as residências devem estar preparadas para receber o sinal digital antes do dia 17 de dezembro


Indicador fechou novembro com queda de 0,21%. Produtos importantes, como combustíveis, ficaram mais baratos





Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube