Longevidade

Fé e força em mais de um século de vida

08 Fevereiro 2019 11:31:00

Marta Wollick completa 106 anos no dia 08 de fevereiro

Foto: Marta Rocha/Testo Notícias
Oma Marta: nos braços, o orgulho da foto mais antiga que tem guardada, o registro do casamento aos 23 anos.

A audição e a visão até podem estar um pouco comprometidas, assim como o andar, que já não é o mesmo de antigamente. Mas o que não falta para Marta Wollick é gratidão e alegria de viver. A jovem senhora, conhecida carinhosamente como Oma Marta, completa 106 anos neste dia 08 de fevereiro. "Eu fiz o cálculo, são 1.272 horas ou 38.716 dias", afirma o filho Bruno Wollick.

E não é apenas a idade o que surpreende na pomerodense, que pode ser considerada uma das mulheres mais idosas de Santa Catarina. A simplicidade e o carinho com que trata a todos também estão presentes em cada gesto. "Ela sempre foi uma mulher muito trabalhadora, dedicada à família e às coisas da igreja. No passado, a rotina dela era dividida entre os afazeres da casa, as atividades da roça e da criação de gado, sempre ao lado do marido", relembra Bruno.

Oma Marta se casou aos 23 anos, teve sete filhos, destes, três já são falecidos, 16 netos, 23 bisnetos e seis tataranetos, sem contar todos os agregados, que foram chegando e tornando a família cada vez maior. Sempre morou na localidade de Ribeirão Clara e, um ano após ficar viúva, em 1971, o filho Bruno e a nora Rovena passaram a morar com ela, na casa da família.

Com uma saúde de causar inveja, Oma Marta se orgulha de nunca ter precisado tomar remédios. Problemas como glicose, colesterol, ou pressão alta jamais fizeram parte da rotina da centenária senhora. "Hoje, a única coisa que ela toma são três gotinhas de um remedinho para ajudá-la a dormir e ela chega a ficar doente se falamos a palavra 'hospital'. A saúde dela é tão boa, que até os médicos têm dificuldades para encontrar o motivo", conta Rovena.

A rotina diária começa por volta das 7h30min, horário do café da manhã, que não pode deixar de ter pão com mus e nata, uma das coisas que Oma Marta gosta muito de comer, assim como batatinhas e aipim no almoço. "Ela come de tudo e um pouquinho de cada vez, mas a preferência por doces é bem grande. Uma coisa que ela nunca gostou de comer é margarina, isso ela não come de jeito nenhum", declara a nora.

Rovena explica, também, que a Oma Marta não gosta de televisão, até porque não compreende muito o português, seu principal idioma para comunicação é o alemão. Então, por isso, prefere cantar alguns cânticos antigos, assim como músicas que eram entoadas na igreja. Religiosa fervorosa, sempre encontra tempo para as orações.

"Talvez esse seja o segredo dela viver tão bem, por tantos anos. Ela tem Deus no coração e nunca, nunca guardou rancor de ninguém. Sem contar o gosto por ajudar os outros, muitas vezes tirava o que não tinha ou podia, para dar a quem mais precisava", fala Bruno, emocionado.

Lembrada sempre pelos familiares, amigos e vizinhos como uma pessoa bondosa e muito querida, Oma Marta tem passado os últimos dias ansiosa pela festa de aniversário dos 106 anos. "Só podemos agradecer muito por termos o privilégio de conviver com ela por tantos anos. E, por isso, temos muitos motivos para festejar, todos reunidos. Ela é um verdadeiro exemplo de força, uma grande mulher", reforça o filho.

A comemoração acontecerá em casa e reunirá cerca de 70 pessoas para celebrar a vida em sua forma mais bonita. E, com a voz baixinha e um sorriso largo, Oma Marta se despediu da nossa equipe, dizendo: "Quero viver ainda as horas que Deus me der para viver".

Imagens


LEIA TAMBÉM


Estado teve reajuste médio de 4,29% após acordo entre federações empresariais e os sindicatos nesta terça-feira


Dados do INSS revelam que as solicitações saltaram de 90.161 em 2010, para 171.429 em 2018







Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube