Micos-leões-pretos em Santa Catarina

21 Dezembro 2017 15:07:00

Foto: Divulgação

A Fundação Hermann Weege - Zoológico Pomerode, é a primeira instituição da região sul a participar dos 3 Programas Internacionais de Conservação de Micos-leões (Mico-leão-dourado, Mico-leão-cara-dourada e Mico-leão-preto). No Brasil somente outras 3 instituições tem esta situação (ZOO SP, ZOO BH e Centro de Primatologia do RJ).

Recebemos em 31/10/2017 (a fêmea do ZOO de SP) e 07/12/2017 (o macho do Parque Ecológico de São Carlos - SP) um casal de micos-leões-preto (Leontopithecus chrysopygus). A espécie é endêmica do Estado de São Paulo e ameaçada de extinção. A população desta espécie em Zoológicos e Aquários no Mundo, de acordo com o Zoological Information Management System (ZIMS) é de 56 animais.

O Zoo Pomerode, foi selecionado pelo Comitê Internacional do Programa de Conservação do Mico-leão-preto para ingressar e receber esse casal, devido ao histórico de sucesso na manutenção e reprodução das outras duas espécies de Micos-leões (Mico-leão-dourado - com 2 nascimentos e Mico-leão-cara-dourada - com 3 nascimentos).

Os micos-leões são todos endêmicos do Brasil (Bioma da Floresta Atlântica) e ameaçados de extinção, sendo que o zoos e aquários tem um papel fundamental na sua conservação a longo prazo.

Estamos muito honrados com a confiança deposita pela comunidade internacional de conservação e também pelo ICMBIO no Zoo de Pomerode e em breve esperamos poder compartilhar novamente com a imprensa o nascimento dos primeiros micos-leões-pretos de Santa Catarina.


Imagens

mais sobre:












EDITORIAS
14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Testo Notícias.