Caropreso.jpg
Dr. Vicente Caropreso

Alerta máximo

A solidariedade, às vezes exige uma boa dose de desprendimento e de sacrifício pessoal, pois ela nada mais é do que nos doarmos em nome de terceiros. 

Tenho ouvido de todo lado as reclamações de muita gente alarmada por ver pessoas desrespeitando em sociedade as normas de prevenção preconizadas pelas autoridades sanitárias.

Nas redes sociais, são inúmeros os comentários sobre grupos de pessoas aglomeradas nas ruas, nos parques, nas filas de banco e lotéricas sem respeitar a distância mínima de 1,5m entre elas.

Comentam também ver pessoas nos bares, sem máscaras, próximas umas das outras, como se estivéssemos em situação de absoluta normalidade e não vivendo uma pandemia causada por um vírus muito agressivo que espalhou-se pelo mundo todo em questão de semanas.

E finalmente, as queixas que muitos andam sem máscara pelas ruas.

Em Santa Catarina, foi somente graças ao isolamento social determinado pelas autoridades de saúde - na hora certa, diga-se - que conseguimos evitar o colapso no serviço de saúde - e por enquanto estamos livres do cenário preocupante que se pode ver em outros estados do país como Ceará, Pernambuco e Amazonas.

Vencemos a primeira batalha, mas a guerra ainda não terminou.

Com a retomada das atividades econômicas está havendo uma falsa sensação de que o perigo passou e que a vida pode seguir como era antes da pandemia.

Isso é um grande erro!

O vírus ainda está aí e, agora, com o aumento na circulação de pessoas, os riscos de contaminação estão muito maiores.

Alerta máximo! Não se iluda, o perigo não passou.

Quem pertencer a algum dos grupos de risco: terceira idade ou portadores de comorbidades como diabetes, doenças cardiovasculares ou outras, também deve manter o isolamento.

Quem precisa sair, tem a dupla responsabilidade de cuidar de si e de não levar o vírus para casa.

Somente unidos, com solidariedade, cuidando uns dos outros, poderemos reduzir o máximo possível o impacto do vírus e vencer essa guerra.

Cuidem-se bem!



LEIA TAMBÉM





Endereço: Avenida 21 de Janeiro, 1845, Centro - Pomerode SC
Fone: (47) 3387-6420 | Whatsapp: (47) 99227-2173 | jornalismo@testonoticias.com.br
Sobre o jornal | Facebook | Instagram | YouTube